Oração em 2° Crônicas 7:14

Vidas Para Cristo
Vidas Para Cristo

Últimos posts por Vidas Para Cristo (exibir todos)

“se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”. 2°Crônicas 7:14.

Iremos falar sobre “oração” de uma maneira ampla, voltada para o coletivo, ou seja, quando nos juntamos como um exército para orar.

Nos embasaremos em 2°Crônicas 7:14, um dos versos mais lidos  da Bíblia, e por ser bem conhecido, corremos o risco de perder a beleza que existe neste texto e a incrível promessa que é feita nele.

Este verso mostra o que aconteceria com uma nação, com um povo, que parasse tudo e começasse a orar de verdade. Ele mostra que bênção essa nação, esse povo teria. Enquanto essa promessa foi originalmente dada ao Rei Salomão com respeito ao povo de Israel, é certamente aplicável a todos os que invocam o Senhor em arrependimento e fé. Este versículo é uma alta expressão da vontade de Deus para ouvir as orações de um povo arrependido.

 

Se o meu povo – Este é o começo das condições de que Deus está buscando para ser cumpridas antes de Ele agir. É claro que Deus está emitindo uma promessa condicional à Sua gente – façam essas coisas e responderei.

Somos chamados de Seu povo em Sl. 100:3 e também em Jo.1:12. Deus, através destes versículos está nos convidando a pertencer a Ele, ser filho d’Ele, sermos chamados de Seu povo, Suas ovelhas.

Muitas vezes esquecemos que o trabalho de avivamento, de renovo sempre começa conosco, o povo de Deus, por que? Deus tem que primeiro renovar, avivar o seu povo para cumprir o Seu chamado.

Quem se chama pelo meu nome –Assim como quando nos casamos recebemos o nome do nosso cônjuge e toda bagagem de vida que ele(a) traz, assim também quando aceitamos a Jesus recebemos o Seu nome e toda promessa de vida que Ele conquistou na cruz por nós. Deus tem um nome e coloca o Seu nome em nós.

Deus é aquele que nos chama de entre os do mundo. Ser cristão significa que estamos destinados a nos destacar do resto do mundo. Devemos viver de um modo diferente do que o mundo, porque valorizamos coisas diferentes, valorizamos uma promessa eterna e valorizamos um estilo de vida diferente.

Somos chamados a ser um sacerdócio santo, onde cada crente tem a responsabilidade para com o ministério. Somos chamados a ser testemunhas de Cristo, testemunhas do Seu nome neste mundo, para compartilhar a verdade do evangelho.

Se humilhar – A palavra humilhar em hebraico (Kãna´) significa dobrar os joelhos, abaixar. Deus não está falando com desconhecidos, Deus está falando com o povo d’Ele e está convidando o Seu povo, que leva o Seu nome a se humilhar, a estar em submissão, e a viver em um estado de rendição. Quando nos humilhamos, estamos dizendo literalmente a Deus, você está no controle da minha vida, eu aceito a Tua vontade, a tua vontade está acima da minha. Quando nos humilhamos diante de Deus estamos permitindo que Ele nos moldes à Sua vontade e uma vez que permitimos que Deus faça isto, não podemos permanecer o mesmo.

E orar  – Um dos princípios-chave do avivamento é um esforço concentrado em oração. Quando oramos estamos trazendo nossas vidas para encontrar-nos com Deus e no momento em que nos encontramos com o Senhor algo surpreendente acontece, Ele se derrama em nossas vidas. É por isso que a oração é tão absolutamente essencial para experimentar o avivamento.

A oração é a base de um relacionamento crescente com Deus e sem a oração o relacionamento nunca vai realmente crescer. Devemos ter uma comunicação mais profunda com Deus se algum dia quisermos experimentar o avivamento em nossas vidas e em nossas igrejas. Cada dia tomarmos uma decisão, de cultivar e crescer nesse relacionamento com Deus, ou de estar satisfeitos onde estamos em nosso relacionamento com Ele.

Avivamento não é nada mais do que Deus entrando em um relacionamento conosco e preenchendo a nossa vida com Sua presença e poder de uma maneira extraordinária. Se não estamos desenvolvendo este relacionamento com Deus, nunca iremos experimentar um avivamento pessoal, e precisamos de muitas pessoas com este tipo de compromisso para ter um avivamento na igreja e na nossa comunidade. Mt. 18:19-20.

“Nosso problema é que temos pensado sobre a oração, lido sobre a oração e até recebido ensinamentos sobre a oração, mas simplesmente não temos orado. Agora é o tempo de entendermos que a oração é a fonte de todo o poder”.  Paul Yonggi Cho.

E me buscar – Jeremias 29:13.

Muitas vezes buscamos o caráter das bênçãos de Deus. Não há problema em buscarmos bênçãos pra nossa vida, mas não devemos buscar somente a mão ajudadora de Deus, devemos buscar a Deus pelo simples prazer de ter um relacionamento pessoal e íntimo com Ele. Isso só vai acontecer quando sua busca for uma prioridade na sua vida, quando acontecer de todo o coração, quando ela for realmente colocada em primeiro lugar.

Umas das formas de buscar a Deus junto com a oração, é o louvor e a adoração, e um aspecto importante da adoração é que ela não muda a Deus, porque eu não tenho como deixar Deus mais perfeito do que Ele já é, ou mais santo do que Ele já é, mas quando busco a deus através da adoração, reconhecendo a santidade d’Ele, reconhecendo quem Ele é, eu quem sou transformado n,Ele. Passamos a conhecer mais a Deus e a amá-Lo mais e a caminhar com Ele.

E se converter dos seus maus caminhos – Isaías 59:1-2; Salmos 66:18-20.

O Senhor está falando aqui com o Seu povo, que tem o Seu nome, ou seja, conosco, pessoas convertidas, que aceitaram a Cristo, se tornaram Seus filhos e buscam viver uma vida correta como Cristo, e mesmo assim Ele nos pede para nos convertermos dos nossos maus caminhos. Penso que a vigilância contra o pecado deva ser contínua, afinal de contas estamos inseridos um sistema corrupto onde a Bíblia diz que “o mundo jaz no maligno”, e “que aquele que está de pé cuide pra que não caia”. Não podemos barganhar, brincar com o pecado, simplesmente fugir dele, e se houver algum pecado oculto, reconhecer, confessar, receber o perdão e experimentar a alegria desse perdão. 1° João 1:9.

O avivamento nunca vai acontecer na nossa vida, até deixarmos os nossos pecados. Quando reconhecemos nossa atitude errada e confessamos, renovamos o nosso relacionamento com Deus e Ele nos liberta.

Se queremos que as nossas igrejas vivam um avivamento, hoje é o dia para buscar a Deus. Se queremos que a nossa comunidade veja um poderoso derramamento do Seu poder, hoje é o dia para buscar Jesus. Se hoje Deus está batendo na porta do nosso coração, precisamos nos humilhar, orar e buscar a face de Deus, desviar de nossos maus caminhos e Ele nos ouvirá dos céus, e Deus perdoará os nossos pecados e curará nossas vidas, famílias, igrejas, comunidades e nosso país.

O tempo é curto, o nosso Senhor está voltando em breve. Ao vencedor a coroa da vida será dada (Tiago 1:12) e com o Rei da Glória – aqueles que ACEITAM (Romanos 3:23-24), ACREDITAM (Romanos 5:8) e CONFESSAM (Romanos 10:9) – reinarão eternamente.

 

Ministrado por: Rejane Torres

 


Deixe um Comentário...

WhatsApp Br