SERMÕES



MINISTRAÇÕES MAIS VISTAS

 

Ministrações para edificação do corpo de cristo, você pode assistir, compartilhar com um amigo, usar para edificação pessoal, inteirar-se sobre a palavra para célula, é com carinho que disponibilizamos para você.





ESCOLHA UM DE NOSSOS MINISTRANTES


Polliana Ribeiro Gonçalves Chavier

1 Sermon

Pra. Leediere Bertilho M. Ribeiro

8 Sermons

Leediere Bertilho Martins Ribeiro


ULTIMAS MINISTRAÇÕES.

 

Ministrações para edificação do corpo de cristo, você pode assistir, compartilhar com um amigo, usar para edificação pessoal, inteirar-se sobre a palavra para célula, é com carinho que disponibilizamos para você.





  • Tudo
  • acf
  • Discipulado I
  • Encorajamento
  • Estudos Gerais
  • Igreja Vidas para Cristo
  • Ministrações
  • Ministrações para Células
  • Para Mulheres
  • Perguntas e Respostas
  • Pr. Marcos V. Ribeiro
  • Pra. Leediere Bertilho Ribeiro
  • Sermões Expositivos
  • Teologia

Características de um líder bem-sucedido

Título: Características de um líder bem-sucedido Ministração: Pra. Leediere Bertilho Introdução: O sermão de hoje tratará sobre o que é ser um líder bem-sucedido, usando como exemplo o personagem bíblico conhecido como Barnabé. Segundo Atos 4:36-37, Barnabé foi chamado pelos apóstolos de “Filho da consolação” e possuía uma herdade, que vendeu e doou o dinheiro aos pés dos apóstolos. Veremos como essa atitude de colocar os outros em primeiro lugar é fundamental para ser um líder bem-sucedido, assim como o exemplo de Jesus, que sempre se preocupou com as pessoas e suas necessidades. Corpo: Entender quem somos e qual é a nossa missão. Primeiramente, é preciso entender que somos uma geração eleita, escolhida por Deus (1 Pedro 2:9). Além disso, somos chamados para cumprir a missão principal dada por Jesus, de anunciar a grandeza de Deus (João 15:16). Isso nos torna o Sacerdócio Real, com o privilégio de sermos sacerdotes de Deus (Êxodo 19:6). Além disso, somos um povo de propriedade exclusiva de Deus, comprados pelo precioso sangue de Jesus Cristo. Nossa missão é ser embaixadores do reino de Deus, representantes legais do reino dos céus aqui na Terra (2 Coríntios 5:20). Somos cidadãos do céu (João 17:16) e devemos viver na Terra como estranhos, pois estamos apenas temporariamente aqui (1 Pedro 2:11). Ser grande é ser pequeno. Barnabé é o único homem na Bíblia chamado de bom (Atos 11:24). Isso se deve à sua atitude de colocar os outros em primeiro lugar, doando sua herdade e se preocupando com a causa dos demais. De acordo com Lucas 22:26, Jesus ensinou que os que querem ser grandes devem ser servos de todos. Ser líder não é estar acima dos outros, mas sim servir a eles. Ter um coração cheio de compaixão. Jesus sempre se interessou pelas causas individuais das pessoas…

Leia mais

Quem foi o Rei Josafá

Quem foi o Rei Josafá (história na Bíblia) Orei Josafá era um descendente do rei Davi. Ele foi o rei de Judá na época em que Israel estava dividido em dois reinos. Josafá foi temente a Deus, mas cometeu alguns erros ao longo de sua vida. No tempo de Josafá Israel estava dividido em dois reinos separados: Israel, a norte, e Judá, a Sul. Os descendentes de Davi reinavam sobre Judá. Josafá herdou o trono de seu pai Asa, outro rei temente a Deus, descendente direto de Davi, e reinou durante 25 anos. Josafá, o rei dedicado a Deus Josafá seguiu nos passos de seu pai e destruiu vários altares idólatras em Judá. Ele se recusou a participar de idolatria e adorava somente a Deus (2 Crônicas 17:3-4). Josafá também enviou levitas e oficiais para ensinar o povo de Judá a Lei de Deus. Josafá nomeou juízes para administrarem o país com justiça, de acordo com a vontade de Deus. Ele advertiu os juízes a fazem seu melhor, porque seu trabalho era para Deus e Ele estaria com eles (2 Crônicas 19:5-7). Por causa de sua dedicação a Deus, Josafá teve um reino próspero. As nações à volta o temiam e traziam tributo. No entanto, nem todo o povo se voltou para Deus e muitos continuaram praticando idolatria. Josafá e a família de Acabe Apesar de ser temente a Deus, Josafá cometeu um grande erro: ele se aliou a Acabe, o rei de Israel que era conhecido por perseguir os profetas de Deus. Acabe estava debaixo da maldição de Deus. Acabe convidou Josafá a ir com ele para a batalha contra seus inimigos. Josafá aceitou sem hesitar, mas pediu para consultar a Deus primeiro (2 Crônicas 18:3-4). Muitos profetas disseram que os reis de Judá e Israel teriam sucesso, mas um profeta de Deus avisou…

Leia mais

Quem foi Ninrode?

Quem foi Ninrode (história na Bíblia) Ninrode era filho de Cuxe, neto de Cam e bisneto de Noé. O nome Ninrode – Nimrod ou Nenrode – significa “rebelde”, se rebelar”. Segundo a Bíblia, Ninrode foi o primeiro homem poderoso na terra (Gênesis 10:8; Gênesis 9:20). Depois do dilúvio, os três filhos de Noé tiveram muitos descendentes que se espalharam pela terra. Cam, o filho mais novo de Noé, teve um filho chamado Cuxe, que gerou Ninrode. Ninrode na Bíblia Apesar de Ninrode ser citado na Bíblia como o primeiro homem poderoso na terra, há poucas informações comprovadas sobre a sua vida e a sua história. A Bíblia nos revela é que Ninrode era um valente caçador, daí a expressão “Valente como Nin­rode­” (Gênesis 10:9). Naquela época a caça também estava associada a guerra, o que aponta que Ninrode era um homem que derramava sangue, forte, valente, que conquistava e não apenas caçava animais. O reino de Ninrode provavelmente foi o primeiro reino da terra depois do dilúvio. Por causa disso, ele ficou conhecido como o primeiro homem poderoso da terra. Ninrode foi para a região de Sinear (Babilônia) e fundou várias cidades antigas (Babel, Ereque, Acade, e Calné). Depois, ele seguiu para a região da Assíria, onde fundou Nínive e outras cidades. Mesmo muito tempo depois a Assíria ainda era conhecida como “a terra de Ninrode” (Miquéias 5:6). Ninrode e Semíramis A história de Semíramis não aparece na Bíblia. Mas, segundo a tradição judaica, Semíramis era mãe de Ninrode e posteriormente se casaram. Ainda segundo relatos de historiadores, Semíramis fundou várias cidades incluindo a própria Babilônia, estando assim associada à construção da Torre de Babel. A ideia que Semíramis fundou cidades, se casou com Ninrode e teve um filho chamado Tamuz, não é bíblica, tratando-se de pura especulação. Ninrode e a Torre de Babel Assim…

Leia mais

Deus criou o mal?

Deus criou o mal? A bíblia diz que Deus criou tudo para ser bom. Quando Deus criou o bem, surgiu a possibilidade do mal, porque o mal é a ausência de bem. Isso não significa que Deus faz o mal nem é responsável pela existência do mal. A responsabilidade de um pai é ensinar ao seu filho sobre o bem e o mal e a escolher o bem. Se o filho adulto depois vai e faz o mal, a responsabilidade não é do pai, porque a escolha é do filho. Da mesma forma, Deus é bom e sempre promove o bem mas Ele nos dá liberdade para escolher entre o bem e o mal. Por que Deus permite o mal? Deus permite o mal porque é uma consequência da liberdade de escolha. Nós fomos feitos à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:27). Uma característica essencial de Deus é a criatividade, que implica fazer escolhas. Nós também temos criatividade e capacidade para fazer escolhas, dentro de nossos limites. Sem livre-arbítrio, você seria igual a uma pedra, que não escolhe onde vai nem o que faz. Outra característica essencial de Deus é o amor (1 João 4:7). O amor é uma escolha, Deus escolhe nos amar. Sem escolha, não há amor. Da mesma forma, nós temos capacidade para escolher se queremos amar a Deus. Mas para ter uma escolha, tem de haver no mínimo duas opções. Neste caso, as opções são amar ou não amar a Deus. Leia aqui mais sobre o que é livre arbítrio e sobre o que é o amor. Quem ama a Deus obedece Seus mandamentos, porque sabe que Deus é bom e criou as regras para nosso bem (1 João 5:3). Deus se alegra com nosso bem. Mas nós temos capacidade para escolher não amar a Deus e quebrar as regras. As opções…

Leia mais

BIBLIA ACF

Bíblia ACF em Português Antigo Testamento Pentateuco Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Históricos Josué Juízes Rute 1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias Ester Poéticos Jó Salmos Provérbios Eclesiastes Cânticos Profetas Maiores Isaías Jeremias Lamentações Ezequiel Daniel Profetas Menores Oséias Joel Amós Obadias Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias Novo Testamento Evangelhos Mateus Marcos Lucas João Históricos Atos Cartas Paulinas Romanos 1 Coríntios 2 Coríntios Gálatas Efésios Filipenses Colossenses 1 Tessalonicenses 2 Tessalonicenses 1 Timóteo 2 Timóteo Tito Filemom Cartas Gerais Hebreus Tiago 1 Pedro 2 Pedro 1 João 2 João 3 João Judas Profético Apocalipse

O Que Significa Talento na Bíblia?

O Que Significa Talento na Bíblia? Talento na Bíblia significa uma unidade de medida de peso utilizada nos tempos bíblicos. Embora tivesse alguma variação conforme a região e a época, na Bíblia os talentos são a maior unidade de peso. O povo hebreu utilizava o talento para quantificar metais como o ouro, a prata, o chumbo, o ferro e o cobre (Êxodo 38:29; 1 Reis 9:14; 2 Reis 5:22; 1 Crônicas 29:7; Zacarias 5:7). Por esse motivo o talento era também utilizado como unidade monetária, sendo a mais valiosa de todas devido à quantidade de metal que incluía. Quanto valia um talento? No Antigo Testamento, pelo menos no tempo do êxodo e no tempo dos juízes de Israel, um talento tinha o peso de três mil siclos. Cada siclo pesava pouco mais de 11 gramas. Isso significa que um talento equivalia aproximadamente 34 quilos. Algumas tabelas de pesos e medidas bíblicas definem que o talento da época do Antigo Testamento possui uma equivalência atual de exatos 34,272 quilos. Descobertas arqueológicas também apontam que na Babilônia havia dois tipos de talentos. Um era mais pesado e chegava ao equivalente de 60 quilos; o outro era mais leve e ficava em torno dos trinta quilos. Alguns estudiosos afirmam que esse talento mais pesado na verdade era um tipo de talento duplo. Já no Novo Testamento um talento era igual a 125 libras romanas. A equivalência atual de cada libra romana é de aproximadamente 325 gramas. Então o talento mencionado no Novo Testamento provavelmente pesava algo em torno de 40 quilos. Como unidade monetária, o valor do talento variava de região para região e de acordo com o metal utilizado. Se um talento fosse moldado em ouro, obviamente ele seria mais valioso do que um talento de prata. Mas independentemente de ser de ouro ou prata,…

Leia mais

ENSINAMENTOS BÁSICOS DO CRISTIANISMO, COMUNICANDO CRISTO A OUTROS (Discipulado Lição 19)

AJUDE-NOS EM NOSSA MISSÃO NA ÁFRICA, FAÇA UMA OFERTA VOLUNTARIA DE QUALQUER VALOR E ENVIAREMOS A APOSTILA COMPLETA EM PDF PARA VOCÊ USAR. FAÇA UM PIX CHAVE  PIX   CNPJ: 24.221.058/0001-23   |  VIDAS PARA CRISTO MANDE O COMPROVANTE PARA O WHATSAPP. E RECEBA A APOSTILA COMPLETA. Comunicando Cristo a Outros Muitos falam de sua experiência com Cristo de forma diferente de você. Na verdade, os acontecimentos, ações, reações e emoções são diferentes. Entretanto, há um fato comum a todos os que se encontra em Cristo e entregam suas vidas a ele: a transformação da vida. Testemunhar é comunicar a outros tudo que Jesus fez e está fazendo em sua vida. Não tenha medo de contar para todo o mundo o que Cristo fez por você. O que é testemunha 1) É contar algo que você viu e ouviu ou que aconteceu com você. É falar com outros de sua experiência com Jesus. Atos 22:15. 2) É comunicar a outros o que é necessário para sua salvação. “Testifiquei, tanto a judeus como a gregos, que eles precisam converter-se a Deus com arrependimento e fé em nosso Senhor Jesus. Atos 20:21 Comunicar o quê? 1) Conte como era a sua vida sem Cristo: o seu espirito estava morto nos seus pecados (Efésios 2:1). Os problemas na vida surgem porque o espirito do homem não está recebendo orientação e está afastado de Deus. Pense em alguns problemas que você enfrentava antes de receber a Cristo. O Espirito estava sem comunicação com Deus(morto). Não havia paz no coração. A alma, que é o que pensa, sente e deseja, era controlada por você mesmo. As suas decisões eram baseadas naquilo que você pensava e não na palavra de Deus. O seu corpo sofria por causa de suas paixões e desejos. Muitas pessoas sem Cristo se entregam a prática de vários vícios. 2)…

Leia mais

ENSINAMENTOS BÁSICOS DO CRISTIANISMO, CONVICÇÃO DA SALVAÇÃO (Discipulado Lição 8)

AJUDE-NOS EM NOSSA MISSÃO NA ÁFRICA, FAÇA UMA OFERTA VOLUNTARIA DE QUALQUER VALOR E ENVIAREMOS A APOSTILA COMPLETA EM PDF PARA VOCÊ USAR. FAÇA UM PIX CHAVE  PIX   CNPJ: 24.221.058/0001-23   |  VIDAS PARA CRISTO MANDE O COMPROVANTE PARA O WHATSAPP. E RECEBA A APOSTILA COMPLETA. CONVICÇÃO DA SALVAÇÃO Ninguém se salva por um ritual ou cerimônia. A salvação vem através de um Salvador. A salvação do homem depende somente da obra de Deus feita através da vida e morte de Jesus, na cruz do Calvário. Mas, é preciso que o homem receba de graça o plano de Deus para a sua restauração. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:8 ‘’O pagão traz sacrifício ao seu deus, o Cristão aceita o sacrifício do seu Deus’’. É muito importante que tenhamos certeza das coisas que temos em nossas vidas. A Bíblia garante que podemos ter certeza da vida eterna. Sem esta certeza é impossível viver a vida com Cristo. Ao fazer este estudo, examine como você está nesta certeza á luz da Palavra de Deus. Condições para tomar posse da salvação 1) Arrepender-se do pecado Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo. Atos 20:21 Todos somos pecadores e precisamos de arrependimento. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 3:23 Arrependimento não é reformar-se, não é ser religioso. Não é crendice ou fé só no pensamento. Fé no pensamento é saber que Deus existe e que Jesus morreu na cruz, mas não andar nos seus caminhos nem obedecê-lo e não ter mudança de vida. Esta fé é morta. Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o creem, e estremecem.  Mas, ó homem vão, queres tu saber…

Leia mais

Pode um cristão ficar doente?

Resposta: Essa pergunta nos dá a oportunidade de tratarmos com um dos sofismas do tempo presente, sofisma este pregado e sustentado pelos adeptos da teologia da prosperidade. Estes afirmam categoricamente que o cristão não pode ou não deve ficar doente. Isso o fazem com base em Isaías 53:4, dentre outros do gênero, texto em que se diz que Jesus levou sobre si todas as nossas dores, todas as nossas enfermidades e todas as nossa doenças. Pergunto, pois: será que o referido texto acima, de fato, deseja nos levar a tal conclusão, de que o crente jamais poderia ficar doente? Nesse caso, se assim o fosse, como explicar as muitas vezes em que cristãos adoecem e morrem? A resposta dos defensores desse sofisma é esta: que os cristãos que hoje adoecem, estão sob a mão opressora de Satanás, e que não possuem fé suficiente para vencer as enfermidades. Todavia, o que diz a Bíblia Sagrada a esse respeito? Veja o que a Palavra de Deus nos revela em I Pe 2:24: “Carregando Ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para justiça; por suas chagas fostes sarados”. Ora, vede. O texto sagrado nos diz que Cristo levou, não somente as dores e as enfermidades sobre si, mas, semelhantemente, levou os nossos pecados. Assim, se é certo afirmar que o crente não pode ou não deve adoecer, igualmente seria correto afirmar que o crente não deve ou pode cometer pecado algum, uma vez que Cristo na cruz do Calvário levou tanto as enfermidades quanto os pecados. Isso, todavia, não é sustentado pelos sofistas da atualidade. Verifique que aqueles que pregam que o crente não adoece ou que, ao menos, não deveria adoecer, NÃO SUSTENTAM da mesma forma que o crente não…

Leia mais

ENSINAMENTOS BÁSICOS DO CRISTIANISMO, A NOVA VIDA EM CRISTO (Discipulado Lição 9)

AJUDE-NOS EM NOSSA MISSÃO NA ÁFRICA, FAÇA UMA OFERTA VOLUNTARIA DE QUALQUER VALOR E ENVIAREMOS A APOSTILA COMPLETA EM PDF PARA VOCÊ USAR. FAÇA UM PIX CHAVE  PIX   CNPJ: 24.221.058/0001-23   |  VIDAS PARA CRISTO MANDE O COMPROVANTE PARA O WHATSAPP. E RECEBA A APOSTILA COMPLETA. A NOVA VIDA EM CRISTO Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.  2 Coríntios 5:17 A nova vida o homem recebe ao nascer de novo é chamada de “eterna”, o que indica não só quanto dura, mais também a profundidade dessa vida. É uma vida cheia de novidades. O que é velho já não existe mais. De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.  Romanos 6:4 Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam. Mateus 9:17 Vivemos com Deus. Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus. Romanos 6:10 Vivemos para cristo. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos; Romanos 6:8 Somos guiados pelo Espirito Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.  Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus. Romanos 8:13,14 Andamos por fé (Porque andamos por fé, e não por vista). 2 Coríntios 5:7 Cristo vive em mim Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual…

Leia mais

WhatsApp chat