Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/vidasparacristo/www/wp-content/plugins/essential-grid/includes/item-skin.class.php on line 1041

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/vidasparacristo/www/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 1946

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/vidasparacristo/www/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 1950

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/vidasparacristo/www/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 2659

31 Dias que poderão mudar sua vida.

Vidas Para Cristo
Vidas Para Cristo

Últimos posts por Vidas Para Cristo (exibir todos)

 
31 dias que poderão mudar sua vida.
 
 
Amados leitores vou compartilhar com vocês este estudo que têm me feito muito bem. O meu desejo é – que todos vocês sejam ricamente abençoados em nome de Jesus. Boa leitura.
 
Um estudo bíblico escrito por Osvaldo Paião Jr
 
 
 
O que são hábitos e manias?
 
Há mais de 3000 anos, Salomão já havia observado que o ser humano tem uma forte inclinação para praticar o que lhe pode proporcionar a idéia ou a sensação de prazer físico ou emocional, ainda que momentâneo e fugaz.
 
Evidentemente, essa característica humana se intensificara na Queda (Gn 3), quando o homem passou a discernir entre o bem e o mal (a capacidade da escolha), com nítido viés para o mal (Jô 1.10-12). Na antiguidade, os hedonistas tornaram-se obcecados pela idéia de que o ser humano deveria viver em função do prazer.
 
Modernamente, cientistas, psiquiatras e psicólogos têm observado que o cérebro produz uma série de substâncias químicas responsáveis pela “sensação do prazer” e da “euforia”, chamadas de neurotransmissores e conhecidas como noradrenalina, acetilcolina, dopamina ou “hormônios da felicidade”. Correspondem ao que os jovens atualmente costumam chamar de “adrenalina”. O equilíbrio adequado e saudável das endorfinas é, muitas vezes, o melhor antídoto contra as depressões, fadigas, quadros de estresse e anciedade. Contudo, é sempre muito importante a orientação de um médico de confiança.
 
Desde a revolução industrial do séc.XVIII, a sociedade vem sendo grandemente influenciada por idéias hedonitas materialista, humanista e evolucionista. Hoje, somos instigados a produzir e consumir, cada vez mais, e mais rápido. O tempo para reflexão diminuiu muito e tudo deve ser cada vez mais, e mais rápido. O tempo para reflexão diminuiu muito e tudo deve ser pasteurizado, light e fast. Nosso cérebro acostumou-se a ser “premiado” com as delícias das endofinas, todas as vezes que realizamos algo que gera prazer. Algumas pessoas entregam-se tanto a esse círculo vicioso que, praticamente, vivem em busca de experiências, de prazer, cada vez maiores, para suprir as demandas de um cérebro indisciplinado e neurótico, gerando vícios e manias. “Foi Ivan Petrovitch Pavlov conhecido fisiologista russo e prêmio Nobel de 1994, quem descobriram os mecanismos do chamado reflexo condicionado e como funciona essa questão das “premiações” e “ premiação” e “punições”, na formação dos dos hábitos. Rousseau, Adlen, Freud, Jung, Reich foram igualmente notáveis pesquisadores da Gestalt e do Behaviorismo humano; entretanto, não é nosso propósito, aqui, tal aprofundamento.
O conhecido autor britânico Aldous Huxley, em sua surpreendente obra de ficção científica, de 1932, “Admirável Mundo Novo”, já alertava para uma possível sociedade futura, globalizada, dominada por autoritário comitê geral de inteligência, que manteria a felicidade dos povos, por meio da ministração maciça de sedativos e endorfinas.
 
Todos nós temos hábitos e costumes?
 
Qual a diferença fundamental entre uma drosofila (chamada de mosquinha das frutas, com seus mil olhos, muito usada nos laboratórios em pesquisas de DNA) e um ser humano? A drosófila não aprende nada. A mamãe drosófila, quando tem seu bebê drosofilinha, não precisa ensinar-lhe coisa alguma; assim que nasce, imediatamente a drosofilazinha, sai realizando tudo de que precisa para sobreviver e gerar novas drosofílas. O bebê humano, entretanto, é totalmente dependente do cuidado de seus pais, e demora certo tempo (alguns, muito tempo) para aprender a viver e dar razão á sua existência. Nesse processo de aprendizado pelo qual todos nós passamos, são as “premiações” e “punições” que vão nos ajudar a desenvolver um raciocínio lógico, analítico e pragmático. Isso ajuda a explicar, em parte, o porquê do sofrimento. Como diz o Dr. Mike Wells em suas obras: “aprendemos pelo contraste”. Não sentiríamos alegria, se não soubéssemos o que é a tristeza, nem comemoraríamos tanto uma vitória, se jamais tivéssemos passado pelo drama das derrotas.
Assim, nos vamos formando na escola da vida e, claro desenvolvendo nossos hábitos e costumes. Alguns bons, saudáveis e proveitosos, como destrutivos, como os normalmente aprendidos nas ruas e com aqueles que só objetivam a satisfação egoísta de seus instintos mais perversos. (Veja a luta que a sabedoria trava nas ruas da vida para salvar o homem incauto que está sendo iludido pela “senhora” Insensatez – Pv 1.20-25; 2.1-19; 3.1-6.)
Portanto, todos nós desenvolvemos certos hábitos. Camões usava dizer que “ E elo hábito que se conhece o frade”, a fim de mostrar que são os nossos costumes que revelam mais claramente nossas motivações, preconceitos e atitudes.
 
O que deve ser mudado?
A Bíblia nos diz que o coração humano controla nossas decisões (escolhas), personalidade e o que somos (Pv 4.23). Na antiga literatura bíblica hebraica coração, é o centro das decisões humanas, onde rações e emoção se juntam para decidir a vida: portanto a primeira mudança deve ocorrer nessa espécie de quartel do ser humano. Jesus chamou essa experiência radical de “novo nascimento”(Jo 3).
As mudanças interiores humanas ocorrem sempre na proporção de um grande amor. Ou seja, só nos permitimos mudar, se houver uma boa razão. Veja pó exemplo, como um jovem muda seu comportamento, ao conviver com a pessoa pela qual se apaixonou. Assim o homem deixa-se influenciar por tudo aquilo que mais preza (Mt 6.21). Por isso, quando uma pessoa se encontra verdadeiramente com Jesus Cristo e entrega sua vida ao controle do Espírito Santo, mudanças radicais ocorrem diante de todos: é o milagre da salvação em progresso: a santificação em progresso: a santificação (Rm 6.19,22; 1Ts 4.3: hb12.14). Quantas pessoas deixaram de fumar e beber sem que ninguém as tivesse exortado nesse sentido, apenas por ouvir e sentir a presença do Espírito Santo em suas vidas? Elas sempre souberam que esses são vícios terrivelmente nocivos mas nem toda a informação (razão) do mundo foi capaz de produzir nelas as melhores e mais sadias mudanças. E preciso que haja o componente sobrenatural do amor, da paixão que só em cristo são plenos e absolutamente prazerosos.
 
Entretanto, há outros tantos hábitos, considerados menos nocivos, mas igualmente passíveis de serem trocados por comportamentos mais saudáveis edificantes e proveitosos. Quantas pessoas são viciadas em falar além do normal, comer, comprar, ver TV, futebol etc. Quantos não conseguem o sono sem a ingestão de algum tipo de analgésico?
 
Como posso mudar?
 
Todo esses maus procedimentos podem ser anulados e moldados por comportamentos mais saudáveis e ainda mais gratificantes. Alguém que, em conversa com seu endocrinologista, chega á conclusão de que precisa emagrecer, vai passar os primeiros dias da dieta com algumas lutas e sofrimentos. É nosso velho corpo, habituado a fazer o que bem entende , reagindo á disciplina e tentando nos fazer acreditar que todo esse esforço é inútil, tudo voltará ao normal, a vida é mesmo assim, todos temos falhas e problemas, e que bom mesmo é comer a vontade. A maior parte das pessoas que desiste de uma dieta acaba engordando ainda mais, isso tem a ver com nosso mecanismo de frustração e punição. Sempre achamos um jeito de nos punir pelo mal que causamos a nós mesmos.
 
Por isso Provérbios como base deste nosso Programa de mudança de vida. Aproveitamos que Salomão e sua equipe de sábios nos legaram – há cerca de 3000 anos – um acervo completo, com 31 capítulos repletos de orientações práticas sobre viver bem, e montamos esta seqüência de estudos. Um por dia, cerca de meia hora, durante um mês. Não é muito, se você considerar que um capitulo de novela consome em média, 40 minutos diários do tempo dos telespectadores e que, ao final de um ano, esse seria tempo suficiente para ler a Bíblia completa – de Gêneses a Apocalipse – duas vezes.
 
Á medida que for lendo e estudando o livro de provérbios, acompanhado de algumas passagens dos Salmos e do Novo Testamento, você vai perceber a maravilhosa atuação do Espírito Santo em sua vida e na vida das pessoas que estão á sua volta e, naturalmente, os hábitos indesejáveis darão lugar a um estilo de vida renovado e muito mais feliz. Ao final de 31 dias você pessoalmente poderá testemunhar a validade e bênção deste programa de mudança de vida pela palavra de Deus.
 
Como devo começar?
 
Em primeiro lugar – como em tudo na vida – é preciso disposição e se você chegou até aqui, parece que vontade é o que não lhe falta (fl.2. 13) “aguardando a bem –aventurada esperança e o aparecimento da glória do nosso grande Deus e salvador Cristo Jesus.”lembre-se de que este Programa não serve apenas para você, mas para ajudar muitos dos seus amigos também.
Em segundo lugar, como Já ficou claro, a disciplina não parece coisa agradável, mas é necessária e logo seus efeitos benéficos ficam evidentes e passam a servir de grandes estímulos para avanços ainda mais importantes.
 
Não se preocupe com o tamanho da jornada nem com os percalços do caminho, como dizia Sidarta, o jovem príncipe brâmane (560 a.C): “ toda grande jornada começa com um simples e pequeno passo!” Portanto, fé em Deus e pé na estrada. Ah! E como disse o anjo do Senhor a Ló: “ Não olhe para trás!”(Gn19.17).
 
Este estudo pode ser feito em grupo, ou apenas por você. Reuniões em que perguntas e repostas servem como guia de estudos e motivo para troca de experiências cristãs são sempre muito proveitosas e edificantes. Contudo, é muito importante que você tire conclusões práticas para sua vida pessoal e veja com clareza que áreas de personalidade e comportamento podem ser melhoradas e transformadas pelo poder da palavra de Deus.
 
È certo que a palavra do Senhor vai falar ao seu coração, portanto, prepare-se para ouvir-la e entende-la sem receio, ou desconfiança ou qualquer hesitação. Viva uma vida muito melhor a partir deste período de 31 estudos de sabedoria!
 
Você não precisa esperar pelo primeiro dia do mês para começar seus estudos e mudar de vida. Agora por exemplo, é um momento muito propício (Lc 4. 16-21). Chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. Foi lhe dado o livro do profeta Isaias. Ao abrir o livro, achou o lugar onde estava escrito: O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar aos pobres. Enviou-me para apregoar liberdade aos cativos, dar vista aos cegos, por em liberdade os oprimidos. E anunciar o ano aceitável do Senhor. Fechando o livro, devolveu-o ao assinante, e assentou-se. Os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele. Então começou a dizer-lhes: hoje se cumpriu esta escritura em vossos ouvidos.
 
Obs.: Aparti de agora você terá que pesquisar na Bíblia as referências que estou te dando. E te convido a responder as perguntas. Enviando-me por depoimento. Gostaria de vê-la publicada no blog, participe ok! O mundo precisa saber o que Deus vai fazer na sua vida, depois deste estudo.
 
Dia 1 (Leia o capítulo 1 de Provérbios; Salmos 1.1-3; Mateus 1. 21).
Por que, numa época de alta tecnologia como a nossa ainda é importante ler e obedecer a um texto bíblico escrito há cerca de 3.000 anos?
 
Dia 2 (Leia o capítulo 2 de Provérbios; Salmos 2.1-5; Mateus 1.3. 1).Como é possível saber verdadeiramente o que é certo ou errado; e qual o melhor caminho a seguir?
 
Dia 3 (Leia o capítulo 3 de provérbios; Salmos 3.1-3; Mateus 4.9,10).
Até que ponto o orgulho, a arrogância e o egoísmo humano podem prejudicar a comunicação com Deus?
 
Dia 4 (Leia o capítulo 4 de Provérbios; Salmos 4.1; Mateus 5. 1-12).
Como é possível obter sucesso nesta vida tão competitiva e, por vezes, desleal, fazendo o que é direito, Justo, e procurando agir com sabedoria?
 
Dia 5 (Leia o capítulo 5 de Provérbios; Salmos 5. 3-7; Mateus 5.13-30).
 
Qual é o sentido mais amplo da expressão: adulterar? O que é imoralidade?
 
Dia 6 (Leia o capítulo 6 de Provérbios; Salmos 6. 1-4; Mateus 5.38-42).
 
Quem é aos olhos de Deus: o fiador, o preguiçoso, o perverso (ímpio) e o mentiroso?
 
Dia 7 (Leia o capítulo 7 de Provérbios; Salmos 8.3-5; Mateus 6.5-15).
 
Como o maligno e o sistema mundial agem na tentativa de seduzir e destruir as pessoas. Como vencer as tentações?
 
Dia 8 (Leia o capítulo 8 de Provérbios; Salmos 8. 3-5; Mateus 6. 24-34).
 
O que significa a expressão “temer ao Senhor”; e como você aplicaria esse conceito a sua vida hoje?
 
Dia 9 (Leia o capitulo 9 de Provérbios; Salmos 9. 1-2; Mateus 7. 1-5).
Por que se diz popularmente que tudo o que é gostoso faz mal, engorda ou é pecado?
 
Dia 10 (Leia o capítulo 10 de Provérbios; Salmos 10. 1, 16; Mt 7.7-12).
 
Por que um filho é tolo (insensato) entristece seus pais e será alvo de severas repreensões do mundo.
 
Dia 11 (Leia o capítulo 11 de Provérbios; Salmos 13; Mateus 7. 13, 14).
Por que o orgulho e a desonestidade podem levar uma pessoa á destruição?
 
Dia 12 (Leia o capítulo 12 de Pv; Sl 14.1-2; Mt 7.15-29).
 
Por que toda pessoa que ama a disciplina compreende o que é ser sábio e vive bem?
 
Dia 13 (Leia o capítulo 13 de Pv; Sl 15. 1-2; Mt 8.1-3).
 
Por que é tão perigoso não ouvir os conselhos dos pais?
 
Dia 14 (Leia o capítulo 14 de Pv; Sl 17.1; Mt 8. 10.11).
 
Á luz da leitura deste capítulo de Provérbios faça uma lista de atividades que você deseja que Deus ajude a mudar. Entregue essa lista, simbolicamente, aos cuidados do Senhor, em Oração sincera fé e devoção.
 
Dia 15 (Leia o capítulo 15 de Pv; Sl 18.1,2: Mt 8.23-27)
 
A irritação, o estresse e as palavras grosseiras podem nos trazer algum beneficio? Então por que fazemos tanto uso de gestos e expressões violentas, em nosso dia-a-dia?
 
Dia 16 (Leia o capítulo 16 de Pv; Sl 19. 1, 2, 7; Mt 9.9-13).
 
O ser humano tem capacidade de fazerem planos e construir seu futuro por que, então o acompanhamento divino se faz necessário?
 
Dia 17 (Leia o capítulo 17 de Pv; Sl. 22, 23, 24: Mt 9.35).
 
Por que é melhor comer pão seco em um ambiente de paz e fraternidade do que finas iguarias onde há discórdias e brigas? Sua casa interior está em paz? O que falta?
 
Dia 18 (Leia o capítulo 18 de Pv, Sl 23; Mt 10. 27-33).
 
É importante ter momentos de introspecção e reflexão pessoal, mas qual o problema em viver uma vida solitária e isolada?
 
Dia 19 (Leia o capítulo 19 de Pv; Sl 24. 1-4; Mt 27.33).
 
É estranho: o ser humano cria problemas e coloca a culpa em Deus. O que pensa sobre isso?
 
Dia 20 (Leia o capítulo 20 de Pv; Sl 27.1; Mt 11.3-5).
 
Qual o grande problema causado pelo álcool e outras drogas, e o que tem isso a ver com preguiça?
 

Dia 21 (Leia o capítulo 21de Pv; Sl 32.1-7; Mt 11.25-30)

Você realmente acredita que Deus pode todas as coisas? O que significa descansar na fé?
 
Dia 22 (Leia o capítulo de Pv; Sl 34.1-4; Mt 12.9-14).
 
Por que o humilde, o generoso e o prudente serão abençoados por Deus?
 
Dia 23 (Leia o capítulo 23 de Pv; Sl 40.1-3; Mt 12.43-45).
 
Por que a obsessão por beleza, prestígio, poder e riqueza poder e riqueza pode levar uma pessoa á destruição?
 
Dia 24 (Leia o capítulo 24 de Pv; Sl 46.1,2; Mt 13. 1-9).
 
Por que um cristão sincero não deve ter inveja das pessoas que, mesmo descrentes, aparentam ter alcançado grande sucesso?
 
Dia 25 (Leia o capítulo 25 de Pv; Sl 51.1-3; Mt 13. 44-46).
 
Por que é melhor não reivindicar posições e atenções especiais, nem ser freqüentes, na casa dos amigos.
 
Dia 26 (Leia o capítulo 26 de Pv; Sl 53.1,2; Mt 14.13-21)
 
Por que o insensato que repete sua insensatez é como o cão que volta ao vômito?
 
Dia 27 (Leia o capítulo 27 de Pv; Sl 59.1,2; Mt 14.35-36).
 
Por que a mulher implicante e o marido rabugento estão contra a vontade de Deus?
 
Dia 28 (Leia o capítulo 28 de Pv; Sl 69.1-3; Mt 15.8-20)
 
Por que a pessoa incrédula está sempre com medo de que algo de mal vá acontecer?
 
Dia 29 (Leia o capitulo 29 de Pv; Sl 73.1-3; Mt 15. 25-28).
 
Por que a pessoa que insiste no erro, depois de muita repreensão, será destruída sem apelação?
 
Dia 30 (Leia o capítulo 30 de Pv; Sl. 91; Mt 16.13-19).
 
Quais os benefícios de nos humilharmos diante do Senhor? Por que é tão difícil para o ser humano reconhecer sua condição de pequenez diante do altíssimo?
 
Dia 31 (Leia o capitulo 31 de Pv; Sl 119; Mt 18.21-22).
Por que devemos buscar uma vida dedicada ao Senhor, evitando as seduções do mundo?
 
Meus amados creio que todos conseguirão concluir este estudo, será uma honra publicar o seu comentário. Deixo, o meu abraço á todos vocês. sei que é virtual mais sincero. Que Deus os abençoe poderosamente.
 

Especialista e estudiosos do comportamento humano em todo o mundo afirmam ser possível mudar uma determinada forma de agir ou crescentar qualquer novo costume ao nosso estilo de vida. Para tanto, a pessoa interessada devera manter a prática de uma nova atitude ou hábito por um período continuo e ininterrupto de, no mínimo 30 dias.

Postado há 18th October 2010 por 

Deixe um Comentário...

WhatsApp Br