ENSINAMENTOS BÁSICOS DO CRISTIANISMO, O BATISMO NAS ÁGUAS (Discipulado Lição 17)

ENSINAMENTOS BÁSICOS DO CRISTIANISMO, O BATISMO NAS ÁGUAS (Discipulado Lição 17)

O Batismo Nas Águas

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20

A palavra “batismo” significa mergulhar, afundar nas águas. É um sinal exterior de algo que aconteceu no interior. É um ato simbólico.
O batismo é a porta de entrada ao corpo de Cristo, nas Igreja da sua localidade. É o sim de uma aliança profunda com Jesus, é uma ordem de Jesus. É a declaração pública do cristão que não quer mais aliança com o sistema corrupto deste mundo, mas quer uma vida plena no Espirito Santo.

“De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. Romanos 6:4

Não se sepulta uma parte do corpo, mas o corpo inteiro. No batismo há três fatos importantes: morte, sepultamento e ressurreição.

1) O batismo é a celebração do enterro do velho homem (estou morto para o mundo e o mundo para mim) e o nascimento do novo homem (que dó deseja aguardar a Deus e viver para Ele).

2) O batismo é o testemunho público do novo Nascimento (diante do mundo).

“A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Romanos 10:9,10

3) O batismo é o testemunho público diante das forças malignas de que você deixou p reino das trevas e entrou para o reino da luz. Você foi ressuscitado para viver uma nova vida em Deus.

A importância do batismo

1) Foi uma ordem de Jesus

“E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:18-20

2) Jesus deu exemplo – Lemos em Mateus 3:13 a 17 que Jesus foi batizado com trinta anos por João Batista, no rio Jordão.

“Logo que foi batizado, jesus saiu da água. O céu se abriu, e Jesus viu o Espirito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre ele. E do céu veio uma voz, que disse: Este é o meu Filho querido, que me dá muita alegria!”

3) A Igreja primitiva realizava o batismo.

“E agora por que te deténs? Levanta-te, e batiza-te, e lava os teus pecados, invocando o nome do Senhor. Atos 22:16

4) É um ato de obediência – como a eleição a presidente da nação se completa pela sua posse no cargo do governo, assim é a importância do batismo, pela entrada do novo membro ao corpo de Cristo.

Quando ser batizado

A Igreja primitiva dos Apóstolos fazia logo após a conversão da pessoa, pois a condição para o batismo é ter nascido de novo, crer em Jesus Cristo como único e suficiente salvador, arrepender-se dos pecados e recebe-lo como Senhor. O batismo é um ato de obediência a Deus.

O Cristianismo não batiza crianças, porque para ser batizado é necessário crer e decidir por Jesus. Uma criança não tem condições de decidir seus próprios caminhos.
Elas são apresentadas e consagradas a Deus, quando nascem. Mateus 28:19.
Não é válido, para os cristãos, o batismo que é feito em cultos idólatras e pagãos, por serem invocados outros deuses.

A fórmula do batismo – deve ser feito em Nome do pai, e do Espirito Santo, porque foi o Deus que fez a obra completa na restauração do homem. Mateus 28:19.

Conclusão

O novo convertido não tem dificuldade em obedecer a ordem de Jesus Cristo, pois há benção sobre isto.

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. Marcos 16:16

share

Deixe um Comentário...